Braquiterapia é para todos?

A braquiterapia é um tipo de radioterapia interna onde o material radioativo é inserido dentro ou próximo ao órgão a ser tratado, utilizando fontes radioativas específicas e de diferentes formas por meio de cateteres ou sondas. É utilizada principalmente nos tumores ginecológicos, como colo do útero, endométrio e alguns tipos de sarcoma, sendo considerada uma das técnicas de tratamento no Oncoville. Dependendo do estágio da doença, a braquiterapia pode ser usada de maneira isolada ou após tratamento com quimioterapia e radioterapia.

No Oncoville, para todos os pacientes que serão tratados com braquiterapia é feito um planejamento computadorizado tridimensional (3D), que envolve a realização de tomografia computadorizada após a colocação do aplicador pelo médico radioterapeuta. Dessa forma é possível verificar tridimensionalmente o aplicador e sua posição em relação ao tumor e aos órgãos ao redor a serem preservados da radiação.  

Com procedimento ambulatorial e com aplicação de anestesia, o paciente que realiza a braquiterapia não precisa ficar internado, uma vez que o processo costuma ocorrer em cerca de uma hora. A recuperação da anestesia pode durar entre quatro ou cinco horas. Depois que o efeito do sedativo passar o paciente é liberado. Lembre-se: o acompanhamento de um profissional capacitado é fundamental para avaliar cada caso.

Escreva sua resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezoito − um =

Julho é o mês da conscientização do câncer de bexiga
Saiba Mais
Braquiterapia é para todos?
Saiba Mais
O tratamento acabou, e agora?
Saiba Mais

Receba novidades